Depressão, o copo de água suja

enchendo-um-copo-com-agua

Depressão, o copo de água suja

Como um copo cheio de água suja, quase transbordando…
Você sente que vai morrer, não vai aguentar essa dor…
A dor do transbordamento da água é insuportável…

Remédios

Então pede remédios na tentativa de limpar essa água suja, quando na verdade ela precisa justamente do que mais dói, sair, ser vista, transbordar.
Os remédios veem como um cloro, até aliviam e deixam a água aparentemente limpa , mas assim como numa piscina, você não consegue beber essa água.

Deixar Transbordar

Já aquele que consegue deixar o copo transbordar?
É aquele que vai até o “fim”, olhar e passar por esse processo até o final…
Para ele, a água suja começa a cair, ser jogada para fora do copo…
Com ajuda psicológica necessária nessa dor quase insuportável desse processo, começam a “caírem a fichas”, ele percebe seus enganos, reformula conceitos antigos e arcaicos, aprende a perdoa, se perdoar, se aceitar, se dar valor e nesse processo a água vai sendo substituída pela limpa.
Até determinado momento em que, finalmente, no copo só há água cristalina, então ele pode bebe-la e se nutrir dela.

O copo não transborda mais?

Sim, mas agora ele entendeu esse processo porque passou por ele de peito aberto, o reconhecerá rapidamente e jamais será tão árduo como o anterior.
*****
Minha inspiração hoje veio de tantas reclamações referente aos remédios não estarem mais fazendo efeito. sim… não farão por muito tempo porque a água suja esta ai, precisa sair.

Até quando seu copo terá essa água suja?

 

Até quando você vai adiar esse transbordamento para o auto-conhecimento?

 

 

Paula Pinheiro
Psicanalista, Taróloga, Facilitadora em Constelações Familiares/Organizacionais e Doula Parto.
(11) 98708-8352 (Whatsapp)

Siga-me também:

Facebook

Instagram

Twitter

Linkindin

 

Veja também:

Psicoterapia para Adultos

Psicoterapia para Crianças

Psicoterapia para Adolescentes

Psicoterapia de Casais

Espaço Viver Bem
Siga-nos
Últimos posts por Espaço Viver Bem (exibir todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.